Eleições: Anamatra integra iniciativa de comunicação e transparência do Tribunal Superior Eleitoral (TSE)

Foto: Antonio Augusto / Ascom / TSE

Telão das Eleições 2020 será lançado nesta quinta (15/10) e contou com o apoio da Associação

 

A presidente da Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho (Anamatra), Noemia Porto, participa nesta quinta (15/10), às 17 horas, de evento público do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que marcará o lançamento do Telão das Eleições. O evento será conduzido pelo presidente do Tribunal, ministro Luís Roberto Barroso, e será transmitido pelo canal da Justiça Eleitoral no Youtube (confira o link ao final da notícia).

O Telão das Eleições foi viabilizado a partir de parceria do TSE com a Anamatra e outras entidades representativas da Magistratura e do Ministério Público e a Frente Associativa da Magistratura e do Ministério Público (Frentas).

A ideia do TSE com o telão é ser uma vitrine concreta de transparência do Judiciário, permitindo a visibilidade das ações e notícias da Justiça Eleitoral e, no dia da eleição, dos resultados da votação em todo o país. Também serão exibidos vídeos institucionais das associações parceiras da iniciativa, em um total de cinco inserções diárias para cada entidade.

“A iniciativa possibilitará a veiculação de vídeos institucionais produzidos pela Anamatra abordando temáticas relativas à importância e função da Associação, da Justiça do Trabalho e da Magistratura do Trabalho; e às pautas sociais da entidade, como o combate ao trabalho infantil e escravo, saúde e segurança do trabalho e diversidade”, explica a presidente Noemia Porto. Ao todo, foram produzidos cinco vídeos sobre as temáticas.

Imprensa - Para o credenciamento para o evento, os profissionais da imprensa devem enviar e-mail com o assunto “Coletiva Eleições 2020 Presencial” para Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. e a mensagem deve conter nome, número do documento de identidade e número de telefone. No caso das equipes de televisão, serão permitidos três profissionais (repórter, câmera e auxiliar) de cada veículo. Já para jornais, revistas e portais, dois profissionais poderão ter acesso ao auditório (repórter e fotógrafo) e apenas um no caso das rádios.

Os jornalistas, cinegrafistas e auxiliares que forem presencialmente devem permanecer de máscara durante todo o evento, além de manter distância mínima de 1 metro dos demais. Após a coletiva, todos devem deixar o prédio do TSE.

Os veículos que não quiserem/puderem ir presencialmente podem acompanhar ao vivo pelo canal da Justiça Eleitoral no YouTube. Os jornalistas presentes no auditório do TSE poderão fazer perguntas ao final da apresentação.

 

* Com informações Ascom/TSE


Confira o link para a transmissão, no canal da Justiça Eleitoral no Youtube:

 

Receba nossa newsletter

Menu