TJC - relatos e experiências marcam Encontro Nacional do Programa

Divulgação

Troca de informações e ideias entre os coordenadores Porto Alegre motivou aprimoramento de projetos

Porto Alegre sediou a 14ª edição do Encontro Nacional do Programa Trabalho, Justiça e Cidadania (TJC), promovido pela Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho (Anamatra), encerrada nessa sexta-feira (29/11) na sede da Amatra 4, na capital gaúcha (RS). Na ocasião, os coordenadores regionais do TJC apresentaram relatos de suas atividades. Os trabalhos foram conduzidos pelo diretor de Direitos Humanos da Anamatra, juiz Marcus Barberino, e pela Coordenadora Nacional do Programa, juíza Rosemeire Fernandes.

Para a juíza, o Encontro Nacional possibilita a reunião dos coordenadores regionais, cujas experiências revelam a diversidade e a riqueza dos resultados da aplicação desse instrumento de cidadania pelo Brasil afora. “Durante dois dias trocamos impressões, refletimos sobre nossas ações, repensamos estratégias de ação - nacionais e regionais”.

A magistrada destacou, ainda, a importância do TJC, que vem ganhando cada vez mais expressão, desde que foi criada há 15 anos. “Concluímos que o TJC é uma ação que nos engrandece como seres humanos e permanece aproximando a magistratura trabalhista da sociedade, sempre ávida por conhecimentos e carente de cidadania. Permaneceremos de mãos dadas com a educação e contribuindo para uma sociedade melhor, mais justa e mais solidária – sendo estes os principais objetivos das juízas e juízes ‘tejotaceanos’, concluiu.

O juiz Marcus Barberino avalia com entusiasmo essa edição do TCJ. "A culminância, mais do que a celebração dos trabalhos realizados ao longo do ano, é um momento mais estratégico e crucial do TJC c ao permitir que magistrados de todo o país, os coordenadores do programa troquem experiências, relatem o que executaram ao longo do ano, percebam suas dificuldades e o que funcionou. É um momento de muita reflexão, de celebração pois as pessoas conseguem ter a real dimensão do que aconteceu de Norte a Sul ao longo de todo o ano", ressaltou. "´Sempre muito emocionante você ver a profundidade com que o programa atinge crianças e adolescentes do Brasil, notadamente na escola pública que é o esteio do desenvolvimento do País. Saio de Porto Alegre renovado de ver a criatividade e a garra dessas pessoas que se envolvem numa temática tão cara à sociedade brasileira, que nos permite tirar os olhos da neutralidade para partilhar", concluiu Barberino.  

O próximo encontro está agendado. Será nos dias 26 e 27 de novembro do próximo ano, em Natal (RN) com um tema relevante: Mulher, Trabalho e Sociedade.

 

 

Receba nossa newsletter