Anamatra realiza 1º Encontro das Lideranças Associativas das Magistradas da Justiça do Trabalho

Magistradas das Amatras reúnem-se, nesta quinta (6/12), em Brasília

Aconteceu, nesta quinta (6/12), o 1º Encontro das Lideranças Associativas das Magistradas da Justiça do Trabalho, na sede da Anamatra, em Brasília.

A abertura foi realizada pelo presidente da entidade, Guilherme Feliciano; pela vice-presidente, Noemia Porto e pelo diretor de Prerrogativas e Assuntos Jurídicos, Luiz Antonio Colussi.

Na ocasião, o presidente Feliciano citou um trecho do poema “Mulher”, de Ivone Boechat, e afirmou que a participação feminina na Magistratura deve ser repensada, questionada e consolidada.

“’Um novo milagre:
fez-se carne,
fez-se bela,
fez-se amor,
fez-se na verdade como Ele quer!’
No poema, “Ele” parte da premissa de um Deus masculino, de um discurso masculino, de um mundo masculino, de uma sociedade masculina, de uma Magistratura masculina, de uma Anamatra masculina. Este grupo de trabalho está formado para ir além do discurso e pensar ações. Porque o Tribunal Superior do Trabalho nunca foi presidido por uma mulher? Por que em quarenta e dois anos de Anamatra tivemos apenas três mulheres na presidência da Anamatra? Essas questões precisam ser debatidas. Os gargalos precisam ser equacionados”, pontuou o presidente da entidade.

Durante todo o dia, as presidentes e diretoras das Amatras regionais reúnem-se para debater as temáticas da Magistratura voltadas às mulheres, como a participação das mulheres na política associativa, além de participar de palestras, oficinas de trabalho e rodas de discussão. Para mais , serão definidas estratégias de pesquisa, mapeamento e atuação da Comissão “Anamatra Mulheres”.

Após a abertura, a professora da Universidade de Brasília (UnB), Janaína Penalva, apresentou às magistradas a palestra “Poder Judiciário e Políticas de Inclusão e Gênero: Silêncios, Omissões e Expectativas”.

Confira fotos do Encontro em: https://www.flickr.com/photos/anamatra/

Receba nossa newsletter