Anamatra prestigia seminário sobre desburocratização no Poder Judiciário

Fotos:G.Dettmar/Ag.CNJ

Evento foi promovido pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ)

 

O diretor de Prerrogativas e Assuntos Jurídicos, Luiz Colussi, representou a entidade, nesta quinta (29/11), no seminário Desburocratização do Poder Judiciário. O evento, promovido pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), foi realizado no Tribunal Superior do Trabalho (TST).

O evento teve como objetivo debater formas de desburocratizar e racionalizar atos e procedimentos administrativos da Justiça. Entre os assuntos que foram tratados estiveram os impactos da Lei nº 13.726/2018 – que dispensa o reconhecimento de firma e a autenticação de documentos na relação entre o cidadão e o poder público - e os custos sociais e econômicos da burocracia no Judiciário.


Na abertura do evento, o presidente do CNJ, ministro Dias Toffoli, afirmou o excesso de burocracia está arraigado na cultura brasileira. “Inseridos nesse labirinto, nem sequer percebemos que a burocracia funciona como importante fator de exclusão de parcela da população. O Estado tem que interagir com a sociedade de maneira direta e transparente. O que traz resultados positivos é a transparência e o acesso público e direto na relação sociedade/cidadão com o poder público", defendeu.


O seminário também contou com painéis e uma reunião de trabalho. Entre as autoridades que participaram do evento estiveram o corregedor nacional de Justiça, ministro Humberto Martins, o ministro do Superior Tribunal de Justiça Mauro Campbell e os conselheiros do CNJ Aloysio Côrrea da Veiga e Fernando Mattos.

 

* Com informações do CNJ

Receba nossa newsletter